Estes são os valores certos da pressão arterial mediante a sua idade

62654
Estes são os valores certos da pressão arterial mediante a sua idade

Todos já ouvimos expressões como “estou com pressão alta” ou “minha pressão baixou”, também sabemos quase que de forma natural que devemos “cuidar da pressão”, de tanto ver e ouvir experiências de pessoas próximas. No entanto, sabemos realmente o que é a Pressão Arterial Média? Por que a Pressão Arterial é importante? Que tipos de alterações de pressão existem?

Neste artigo vamos conversar sobre o assunto, compreender melhor a razão de ser algo tão importante, como as alterações de pressão influenciam na nossa saúde e no nosso dia a dia e, especialmente vamos falar sobre a pressão arterial ideal para cada idade, afinal, nada melhor do que compreender um pouco mais para poder cuidar melhor de nossa saúde!

A Universidade de Harvard, nas novas diretrizes de pressão arterial, observa que a pressão arterial deve ser medida regularmente, incentivando as pessoas a usar monitores domésticos de pressão arterial.

Segundo as diretrizes, é recomendado medir a pressão arterial algumas vezes por semana, e notando alterações significativas, procurar um profissional.

O que é a Pressão Arterial?

Para começar, vamos entender do que se trata a Pressão Arterial Média (PAM). Ela seria a pressão média que o sague exerce quando circula pelas nossas artérias e assim, proporciona uma estimativa sobre o trabalho do nosso coração.

Os níveis da pressão arterial dependem de diversos fatores fisiológicos, como por exemplo: débito cardíaco, volume do sangue, resistência do fluxo e até mesmo a viscosidade do sangue.

Também existem outros fatores externos que podem influenciar no aumento ou na queda da pressão, como a idade, sexo, etnia, peso, prática de exercício, emoções/estresse, gravidez e ritmo diurno, além do uso de medicamentos e processos de doenças. 

Por isso a pressão arterial média é avaliada individualmente, de acordo com as características e estilo de vida de cada pessoa, o que é normal para um homem de 20 anos por exemplo, já pode ser uma preocupação para um senhor de 60. Até mesmo porque as variações normais costumam ser maiores para adultos mais velhos.

Recomendamos:  Como acabar com piolhos e lêndeas (Receitas caseiras)

Algumas pessoas também sentem muito medo ou ansiedade ao consultar com um profissional de saúde, esse fenômeno é conhecido como “síndrome do jaleco branco” ou “efeito do avental branco”, isso também causa alteração no resultado, pois a pressão aumenta quando a pessoa esta ansiosa.

Mas, não se preocupe se esse for seu caso, pois, não está sozinho! Segundo pesquisa, isso acontece com pelo menos 20% das pessoas. Normalmente se deve à experiências traumáticas da infância.

Como é medida a pressão arterial?

A pressão arterial é medida em milímetros de mercúrio (mm Hg). 

O instrumento manual utilizado para medir a pressão arterial é chamado esfigmomanômetro, tem uma parte inflável que envolve o braço, chamada de manguito e a outra parte pode ser de coluna de mercúrio ou de ponteiro (chamado aneróide), o aparelho é utilizado junto com o estetoscópio, através do qual, a pessoa  irá ouvir os sons amplificados da pressão. 

Hoje em dia existem também equipamentos digitais para aferir a pressão, alguns de pulso, outros apenas de dedo, inclusive alguns deles podem ser conectados ao seu Smartfone para salvar seus resultados.

Tem ainda as pulseiras e relógios que medem a pressão e fazem o monitoramento cardíaco, que normalmente são utilizados por atletas mas hoje estão disponíveis com valores muito acessíveis para a população em geral.

Tipos de alteração de Pressão arterial

Quando a pressão arterial apresenta números diferentes da média (que normalmente seria 120/80) é que acontecem os quadros de  Hipertensão (pressão alta) e Hipotensão(pressão baixa) esses são os tipos de alteração de pressão arterial. Ambos os casos oferecem riscos para a saúde.

Quando a pressão esta muito alta, o coração esta fazendo muito esforço, o que pode lesionar as paredes das artérias levando à consequências graves como derrames ou insuficiência cardíaca.

Recomendamos:  Use o maracujá para insônia e aproveite os restantes benefícios

Existe também casos de “Hipertensão Mascarada”, quando o resultado do exame em consultório é considerado normal, mas ao realizar o exame de Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA) de 24 horas, é constatada a alteração, mas acontecem em apenas 10 a 15 % dos casos, e em pacientes com histórico familiar ou problemas cardíacos pré-existentes.

Já no caso de pressão baixa, o corpo tenta compensar o fato de o sistema de bombeamento do sangue estar operando com menor frequência e isso leva a pessoa a sentir tonturas, vertigens,  ficar com a visão turva ou negra, ficar pálida, suar frio e até mesmo a ter desmaios. Casos de hipotensão constantes são considerados “choque”, eles são perigosos pois podem levar até mesmo a óbito.

Hábitos para manter uma pressão arterial saudável

Algumas dicas para cuidar de sua pressão arterial são:

  • Manter uma alimentação saudável
  • Diminuir o uso de sal
  • Evitar o cigarro e as bebidas alcoólicas
  • Cuidar do seu peso
  • Investir em atividades que ajudam a diminuir o estresse
  • Dormir bem

Fique longe das doenças do coração:

vídeo:youtube

Pressão Arterial ideal para cada idade

A pressão arterial na infância, é muito parecida para homens e mulheres. E após a puberdade, as mulheres passam a ter pressão arterial mais baixa que os homens, no entanto, após a menopausa elas apresentam pressão arterial mais alta que os homens.

Exatamente por isso é que há uma pressão arterial ideal por idade, uma média, para ser analisada da melhor forma levando em consideração a idade e os demais fatores fisiológicos e externos mencionados anteriormente (Dados do Consenso Brasileiro de Hipertensão Arterial e Sociedade Brasileira de Cardiologia).

  • Neonatal: 80/40
  • 1 ano a 3 anos: 97/53   até 105/61  
  • 4 anos a 6 anos:  107/ 64 até 110/70  
  • 7 anos a 10 anos:  111/72   até 115/75  
  • 11 anos a 13 anos:  117/76   até 122/77  
  • 14 anos a 17 anos:  125/ 80 até 133/83  
  • Adultos acima de 18 anos: 85/130
  • Idosos: 120/80 sendo aceitável até 149/89
Recomendamos:  11 sinais que o homem dá quando está apaixonado

Entretanto, a Sociedade Brasileira de Cardiologia defende que “Qualquer número é arbitrário e qualquer classificação, insuficiente. A necessidade de sistematização obriga uma definição operacional para separar indivíduos sãos dos doentes. Na realidade, podemos ter maior ou menor risco cardiovascular tanto acima como abaixo do número limítrofe, quando o paciente é considerado individualmente.”

Podemos concluir então que é importante uma avaliação completa do quadro de cada indivíduo, fatores como altura e peso por exemplo, são norteadores para o médico compreender se a pressão pode ou não ser considerada normal, portanto, mesmo tendo o valor como referência.

O real diagnóstico devera ser feito por um profissional, lembrando também que medicamentos para pressão arterial só devem ser ingeridos sob orientação médica.

<<< outras matérias