7 motivos pelos quais seguramos a mão de nosso parceiro

Esteja você assistindo a um filme, andando na rua ou simplesmente passeando, não há nada mais natural do que o ato de segurar a mão do seu parceiro quando está perto de você. Mas por que fazemos isso, e há mais na ação do que conforto? De fato, existe.

A razão pela qual damos as mãos pode ser traçada até razões biológicas, psicológicas e culturais. Você pode não perceber, mas o simples ato de segurar a mão do seu parceiro é bem complicado.

Aqui estão 7 razões pelas quais as pessoas dão as mãos, quer percebam ou não.

1) Reduz o estresse

Você está assistindo a um filme de terror e um monstro aparece: O que você faz? Se você está com o seu parceiro, provavelmente pega a mão dele na tentativa de buscar conforto.

Claro, se o monstro fosse real, pegar a mão do mozão não te salvaria, mas isso não torna o ato trivial. Foi comprovado que dar as mãos realmente reduz o estresse e ajuda o cérebro a responder às ameaças.

Em um estudo conduzido pelo psicólogo clínico Dr. James Coan, descobriu-se que quando uma pessoa segura as mãos de seu parceiro durante uma situação estressante, ela se sente menos ameaçada e seu cérebro reagiu de acordo. “Isso foi muito interessante para mim”, disse o Dr. Coan mais tarde em seu Ted Talk sobre o assunto.

“Em particular, foi interessante porque já sabemos há décadas que quanto mais socialmente isolado você estiver, maior a probabilidade de morrer de qualquer coisa a qualquer momento, não importa onde você viva ou qual cultura você viva… Mas agora estamos começando a ver o mecanismo real em jogo, em tempo real no ato simples de segurar a mão.”

2) Pontos de pressão

De acordo com os acupunturistas, um dos pontos de pressão úteis em seu corpo pode ser encontrado em sua mão, localizada na área palmada entre o polegar e o indicador. Chama-se hegu e pode ajudar a reduzir a dor associada a dores de cabeça, sinusite, dores de dente e inchaço.

Recomendamos:  Não é qualquer um que é amigo, nem todos sabem o que é uma amizade verdadeira

Agulhas nem são necessárias para ativar este ponto, uma simples acupressão serve. Isso significa que é possível que segurar a mão , inadvertidamente aplica pressão ao hegu, e é suficiente para ativar o ponto e aliviar a dor.

3) As mãos são extremamente sensíveis

Você já passou por uma prateleira de roupas em uma loja e tentou resistir à vontade de acariciar cada uma delas. Sim, as cores são bonitas e agradáveis ​​de admirar, mas há algo muito satisfatório em passar as mãos sobre a seda suave e o veludo macio.

Bem, esse desejo faz sentido do ponto de vista biológico. Suas mãos têm várias terminações nervosas e receptores sensoriais. Essas terminações nervosas permitem que os humanos tenham sucesso na operação da tecnologia e nas tarefas diárias.

Eles nos permitem empunhar uma ferramenta ou balançar um taco de beisebol, mas também tornam nossas mãos extremamente sensíveis, mais propensas a desfrutar, digamos, do aperto da mão de outra pessoa.

4) O toque é uma forma de comunicação

A comunicação não-verbal não é novidade – você provavelmente cresceu ouvindo a frase “ações falam mais alto que palavras” – mas a ideia de que alguém pode se comunicar com o toque é algo que os psicólogos começaram a explorar na última década, e acontece que pode ser uma forma de comunicação igualmente eficaz.

Em um estudo conduzido pelo psicólogo Matthew Hertenstein, ele descobriu que somos capazes de enviar sinais emocionais através do toque com bastante precisão.

No experimento, os participantes comunicaram diferentes emoções através do toque, com o outro participante recebendo a mensagem com precisão em 75% das vezes. Então, se você estiver tendo dificuldade em comunicar algo com seu parceiro, talvez pegue a mão dele e ele poderá sentir o que está acontecendo.

Recomendamos:  É assim que manipulam seu cérebro para que você consuma sem parar

5) Somos programados de forma inata para dar as mãos

Você já tocou nas mãozinhas de um bebê e viu seus dedinhos se abrirem e agarrarem seu dedo? É a coisa mais fofa, e é uma reação com a qual nascemos inatamente.

Estudos mostraram que apenas 25 semanas após a concepção, os fetos podem ser vistos agarrando o cordão umbilical dentro do útero. Esse instinto é chamado de “reflexo de apreensão”. Esse reflexo desaparece por volta dos 6 a 12 meses de idade, mas o desejo de um ser humano pelo toque permanece necessário ao longo de suas vidas.

6) Mantém você aquecido

Uma das melhores maneiras de preservar o calor? Contato pele a pele. Então, se vocês dois esqueceram as luvas em uma caminhada rápida, ou o calor não está funcionando em casa e vocês já estão vestindo três moletons, peguem nas mãos um do outro e aproveitem os benefícios da biologia.

7) É um tipo de declaração

Imagine isso: você está andando pelo corredor da escola, cuidando da sua vida quando vira a esquina, e vê que Lucy e Matt estão caminhando em sua direção, de mãos dadas.

Então, você pega seu telefone e manda uma mensagem rapidamente para todo mundo que você conhece sobre essa nova informação, que Lucy e Matt estão namorando, porque mais por que eles estariam de mãos dadas no corredor?

É verdade, dar as mãos pode fazer uma grande declaração. Diz ao mundo que vocês estão juntos, ou diz ao seu parceiro que vocês estão prontos para dizer ao mundo que estão juntos.

Há tantos episódios de televisão em que um novo casal briga porque um deles não quer dar as mãos em público. Você tem vergonha de estarmos juntos? O outro pode perguntar.

Recomendamos:  As DSTs estão aumentando, aqui está o que você precisa saber

Então, quando você dá as mãos, quando você faz essa declaração, pode ser um grande negócio e pode significar muito para um relacionamento. via:seventeen


- Publicidade -

Mais populares