7 chás para azia e refluxo gastroesofágico (melhore a digestão)

7 chás para azia e refluxo gastroesofágico (melhore a digestão)

Quem sofre de azia sabe como é desagradável a sensação de queimação provocada, por isso elaboramos este artigo para levar até si uma lista de chás para azia e refluxo. Na maioria das vezes, o sintoma está diretamente ligado à alimentação e também a hábitos relacionados ao fumo, à ingestão de bebidas alcoólicas, ao excesso de peso e até mesmo à ingestão de bebidas durante as refeições. 

Entretanto, há maneiras de aliviar esses sintomas sem precisar tomar remédios todos os dias. Evite remédios.

Os chás, são tidos como um dos principais aliados do nosso organismo quando se fala de amenizar tais sintomas de maneira natural e saudável. 

O surgimento do chá é bastante curioso, pois estudiosos datam que teve origem no ano 2737 a.C., através de um inusitado acaso ocorrido numa viagem realizada pelo imperador chinês Shen Nung e sua equipe, onde estes estariam a fazer uma pausa na viagem para descansar e, enquanto esperava que um dos seus servos fervesse a água para beber, algumas folhas de uma arvore teriam caído dentro, produzindo alterações na cor do líquido para uma tonalidade acastanhada e com cheiro agradável, que despertou curiosidade no imperador que, em seguida provou o conteúdo, aprovou o sabor e rapidamente disseminou a novidade. Durante esse período verificou-se que a planta do chá continha, além do sabor agradável, várias propriedades medicinais.

7 chás para azia e refluxo gastroesofágico, melhore a digestão de forma natural e saudável

Atualmente, o chá é considerada a segunda bebida mais consumida no mundo, ficando atrás apenas da água. Estima-se que são saboreadas diariamente mais de 3 bilhões de xícaras de chá no mundo.

A seguir tem-se uma lista com os principais chás que atuam como agentes facilitadores do sistema digestivo.

Chá de Camomila para aliviar estresse e refluxo

A camomila é uma erva bastante conhecida devido ao seu efeito tranquilizante, sendo capaz de trazer melhorias para o sono devido ao seu efeito relaxante, e aliviar o estresse, considerado um dos principais fatores do refluxo gastroesofágico. 

Ingredientes:

  • 2 colheres de chá de flores secas de camomila;
  • 1 xícara de água.

Modo de Preparo:

Ferver 200 ml de água e inserir 2 colheres de chá de camomila.

Deixar abafado entre 1  e 2 minutos, coar e servir.

Chá de Espinheira Santa para acidez gástrica e queimação do estômago

A espinheira santa é uma planta que ajuda a prevenir problemas estomacais e no alívio dos sintomas da azia. Por ter forte ação antioxidante,  é capaz de reduzir a acidez gástrica e a consequente queimação do estômago. Combate também a H. Pylori e aos refluxos gástricos, além de ter ação diurética.

A espinheira santa possui grande quantidade de taninos, os quais têm poder antisséptico para amenizar as fermentações gastrointestinais. Os óleos essenciais também estão presentes na espinheira santa e contêm efeito de proteger o sistema gástrico.

Ingredientes: 

  • 1 colher de chá de folhas de espinheira-santa;
  • 1 xícara de água.

Modo de Preparo:

Ferver agua, adicionar as folhas de espinheira santa à água, tampar e deixar descansar por em média 10 minutos.

Posteriormente é só coar e servir. 

Aconselha-se tomar este chá de 2 a 3 vezes por dia em jejum, ou 30 minutos antes das principais refeições. 

Chá de Gengibre para melhorar a digestão

O gengibre é conhecido por ter diversas substâncias antioxidantes, bactericida e anti-inflamatórias que atuam um inibidor da bactéria H. Pylori, principal responsável pelo surgimento de gastrite e úlceras. Por ajudar na digestão, o seu uso também está relacionado a um alívio dos sintomas de enjoo e náuseas após alguma refeição considerada mais pesada.

Ingredientes: 

  • 2  pedaços pequenos de raiz de gengibre cortada em fatias;
  • 2 xícaras de água.

Modo de Preparo:

Colocar a água e a raiz de gengibre dentro de uma panela e levar ao fogo para ferver;

Após a fervura, tampar a panela e deixar descansar durante cerca de 20 minutos.

Posteriormente deve-se coar e servir.

O ideal é ingerir um copo entre 20 e 30 minutos antes das principais refeições.

Chá de Boldo para melhorar o fígado e evitar a azia e má digestão

O chá de boldo é bastante conhecido por auxiliar no funcionamento do fígado, pois contém uma substância chamada lactona que é capaz de reduzir os níveis de gorduras ingeridas na alimentação.

Além de ter efeito calmante e antibacteriano, o chá de boldo tem seu efeito potencializado quando misturado com o dente-de-leão, pois o dente-de-leão consegue aumentar os níveis de produção da bile, favorecendo, dessa forma, a digestão do organismo.

Ingredientes:

  • 2 folhas de boldo;
  • 1 colher de sopa de dente-de-leão;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

Ferver água, adicionar as folhas de boldo e de dente-de-leão.

Posteriormente deixar repousar por em média 10 minutos.

Em seguida, deve-se coar e a bebida estará pronta para consumo.

Chá de Funcho (erva-doce) para refluxo diminuição de gases e cólicas

Também conhecido como chá de erva-doce, o funcho contém substâncias anti-inflamatórias que reduzem os efeitos do refluxo. A erva doce possui anetol, substancia capaz de elevar os niveis de salivação, secreções pancreáticas e biliares, favorecendo, dessa forma, o sistema digestivo a partir da diminuição dos gases e das cólicas.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de erva-doce seca;
  • 1 xícara de água.

Modo de Preparo:

Deve-se ferver a água, depois colocar em uma xícara junto com a erva-doce.

Posteriormente, é só deixar descansar de 8 a 10 minutos e coar para beber.

Para quem tem crises de azia recorrentes, é recomendado tomar o chá 03 vezes por dia, ou 20 minutos antes de refeições consideradas mais pesadas.

Chá de Alecrim: ótimo para curar gastrite

O chá de alecrim é bastante útil na melhoria do processo digestivo, combatendo a azia, o excesso de gases, o inchaço da área abdominal, a falta de apetite, além de melhorar o funcionamento do fígado, aliviar as dores e a inflamação no estômago (gastrite).

Ingredientes:

  • 4g de folhas secas de alecrim;
  • 150 ml de água.

Modo de Preparo:

Adicionar o alecrim na água fervente e deixar repousar por em média 10 minutos.

Coar e servir.

Pode-se beber o chá de 3 a 4 vezes por dia.

Chá de Hortelã para náuseas e indigestões

Além de ter melhorarias na digestão devido às propriedades antiespasmódicas, ou seja, prevenir a ocorrência de espasmos no estômago, atua como tranquilizante, e combate na redução dos gases intestinais devido aos carminativos que compõem a planta. O chá de hortelã ainda auxilia em distenções abdominais, náuseas, indigestões e cólicas.

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá de folhas frescas de hortelã;
  • 500 ml de água.

Modo de Preparo:

Aquecer a água e, após levantar a fervura, adicionar as folhas de hortelã.

Posteriormente, deve desligar o fogo, tampar o recipiente e deixar em repouso por em média 10 minutos.

Coar e servir.

Além da ingestão de chás para amenizar os sintomas de azia, também é importante evitar a ingestão de sucos feitos com frutas cítricas, alimentos muito condimentados, picantes, fritos e gordurosos. Tais cuidados somados à prática de exercícios e uma rotina de sono regulado, conseguem atuar como principais métodos naturais contra a azia e também para o bem estar geral do seu corpo. 

Vídeo complementar:

vídeo:youtube

Caso os chás para azia e refluxo apresentados aqui não funcionem, e os sintomas da azia continuem frequentes, é importante então buscar por ajuda e orientação médica, pois somente um profissional da área de saúde é capaz de dar recomendações a respeito do tratamento que seja adequado para você.

<<< Voltar ao início

Compartilhar matéria:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here