Benefícios da Ioga na gravidez

A gravidez é um momento mágico e emocionante. Ao lado disso, muitas vezes pode ser uma experiência intensa para uma mulher, tanto mental quanto fisicamente. Este artigo explora os benefícios da ioga na gravidez para mulheres.

Descubra mais sobre a prática de ioga durante todos os estágios da gravidez e como as futuras mães podem incorporar os princípios do ioga em suas vidas para uma melhor experiência de gravidez.

Ioga na gravidez para força e condicionamento físico

A ioga na gravidez não só ajuda a manter a força durante os nove meses mais desafiadores da sua vida, mas também pode prepará-la para uma experiência de parto mais tranquila, confortável e poderosa.

Yoga durante a gravidez é indicado para quem já tem uma prática estabelecida. Se você deseja praticar ioga pela primeira vez, é essencial que você consulte um profissional médico. 

A razão para a exigência de experiência anterior deve-se em parte ao amolecimento dos ligamentos durante a gravidez. O hormônio da gravidez, relaxina, que ajuda o útero a se expandir, também pode fazer com que o tecido conjuntivo dos quadris e de outras partes do corpo se torne mais flexível.

Isso pode causar lesões se você não tiver uma compreensão e consciência sólidas de seu corpo, se mantiver as posturas por muito tempo ou se tentar se aprofundar demais em uma postura, você pode se machucar. Iniciantes, vão com calma, por favor!

Quais poses posso fazer?

Desconhecido para a maioria das pessoas, você é realmente bastante livre para fazer a maioria das posturas de ioga durante a gravidez. É melhor evitar qualquer coisa que exija que você se deite de costas após o primeiro trimestre, pois isso pode restringir o fluxo sanguíneo para o útero.

As mulheres grávidas também devem ter cuidado ao fazer inversões ou qualquer postura de equilíbrio para evitar lesões. Se (e um forte “se” aqui) você for um iogue altamente experiente com uma prática de inversão muito bem estabelecida, você pode continuar sua prática de cabeceira após o primeiro trimestre.

Recomendamos:  Estudo revela que os cães podem realmente ver com o nariz

Quais são as melhores poses para a gravidez?

  • Abridores de quadril, como postura de ângulo fechado (baddhakonasana) ou postura de lótus (somente iogues avançados), ajudam a esticar e abrir os quadris na preparação para o trabalho de parto e para o bebê sair do canal do parto com facilidade.
  • Para ajudar a tirar o peso, a postura da criança (balasana), ligeiramente modificada para que os joelhos fiquem bem afastados para acomodar a barriga do bebê, pode proporcionar grande alívio durante a gravidez, promovendo calma no corpo e permitindo que a futura mamãe se concentre em sua respiração. Essa postura também é inestimável durante o trabalho de parto, pois permitirá que você descanse e recupere a energia entre as contrações.
  • Uma postura final, que pode aliviar muito a dor nas costas durante a gravidez, é inclinar-se para a frente com as pernas largas. Nesta variação da postura tradicional uttanasana, favorável à gravidez, as pernas são mantidas abertas para promover um melhor equilíbrio. Ao dobrar para a frente a partir dos quadris, segure-se nos cotovelos opostos e deixe a parte superior do corpo relaxar enquanto fica pendurada.

Mais alguma coisa que eu deva saber?

Bastante! A filosofia do Yoga vai além das posturas e posturas tradicionais e pode ajudar durante a gravidez de várias outras maneiras.

Uma prática de meditação consistente (e principalmente confortável) pode ser extremamente benéfica para mulheres grávidas, ajudando a regular as flutuações nas emoções causadas por hormônios, cansaço e mudanças físicas.

Uma mãe relaxada contribui para um bebê relaxado e um ambiente calmo e nutritivo para o bebê crescer.

Além disso, a ioga promove a consciência da respiração e ensina várias técnicas de respiração profunda. A respiração profunda é calmante e restauradora, proporcionando uma inspiração profunda de oxigênio vital para a criança em crescimento, enquanto reabastece a energia da mãe.

Recomendamos:  5 razões porque os homens se afastam antes de se comprometerem

Também pode ajudar durante crises de náusea, ajudando a fortalecer a mãe para que ela recupere o senso de ação sobre seu corpo.

Em conclusão, a ioga pode ajudá-la de várias maneiras durante a gravidez. Idealmente, para ver os maiores benefícios, é melhor começar a praticar muito antes mesmo de engravidar, mas mesmo o mais novato dos iogues pode se beneficiar de posturas de repouso, meditação e respiração profunda. Boa sorte com sua jornada vivificante.

Photo by Amelia Bartlett on Unsplash

Se esse artigo foi útil para si, entre aqui e descubra mais informações e dicas valiosas. via: wemystic


- Publicidade -

Mais populares