Amizade entre cadela e gatinho mostra que o amor existe mesmo com diferenças

Esta é Bailey – uma cadela de natureza doce que sabe que oferecer amor aos outros vem como sua própria recompensa. E adora demostrar isso.

Bailey tinha apenas alguns anos de idade quando foi resgatada por seus donos, Arthur e sua família, em 2007. Antes disso, ela havia sido usada como uma cadela reprodutora – provavelmente dando à luz ninhadas após ninhadas de bebês dos quais ela foi forçada a se separar.

Recentemente, aos 17 anos, Bailey provou que ainda é mãe de coração. E agora a lealdade dela pode brilhar.

Tudo começou há alguns meses, depois que ela e sua família se mudaram para uma casa no campo.

Pouco depois de se mudar, a família de Bailey começou a suspeitar que um gato selvagem estava morando em uma ravina nos fundos da casa. Eles deixaram comida do lado de fora, mas nunca viram ninguém. Enquanto isso, o cachorro deles aparentemente também estava fazendo busca.

“Bailey estava frequentando o quintal para checá-los”, disse Arthur ao The Dodo.

O que Bailey estava fazendo não estava exatamente claro. Mas então, um dia, sua família olhou pela janela e viu isso:

Ali, aninhado na varanda, estava Bailey.

Mas ela não estava sozinha.

Descansando contra o corpo quente de Bailey estava o gatinho selvagem – seguro na companhia de sua nova amiga improvável.

“Bailey nunca fez amizade com um animal selvagem antes”, disse Arthur. “Isso só mostra o quão amorosa ela é. Ela sempre foi extremamente doce.”

Vendo que seu cachorro conseguiu ganhar a confiança do gatinho assustado, a família de Bailey decidiu seguir seu exemplo. Eles também acolheram o gatinho em seus corações.

A família a chamou de Kitten-Kitten.

“Kitten-Kitten agora está morando dentro de casa com todo mundo”, disse Arthur. “Ele segue Bailey quase como um cachorrinho. É seguro dizer que ele é parte da família agora!”

Recomendamos:  5 motivos pelos quais você não deve deixar seu cachorro sozinho

E talvez pela primeira vez em sua vida, Bailey conseguiu não apenas ser mãe, mas permanecer mãe para sempre.

“Kitten-Kitten está adorando estar dentro de casa e interagir com todos, mas especialmente com Bailey”, disse Arthur.

Aos 17 anos, Bailey finalmente conseguiu cumprir seu chamado como mãe. E, no final, seu amor pelo gato selvagem acabou sendo um salva-vidas.

Com o clima mais frio se aproximando rapidamente, a nova família de Kitten-Kitten acredita que o gatinho teria que ter lutado para sobreviver por muito mais tempo se Bailey não tivesse intervindo para salvá-la. Mas nesse gesto de bondade, ambos tiveram uma segunda chance.

E ambos os seus corações foram curados.

“Elas não poderiam estar mais contentes”, disse Arthur. via:thedodo

Gostou do artigo?

Toque nas estrelas para votar.

Média: / 5. Votos:

Até agora ninguém votou, vote você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais populares